Conheça os melhores museus do mundo

Conheça os melhores museus do mundo

São vários os critérios que poderíamos ter utilizado para definir os melhores museus do mundo. O tamanho do espaço em si, passando pelo número de visitantes, até à quantidade de obras de arte que abrigam, entre outros.

Visita obrigatória em praticamente todos os destinos, os museus reúnem atributos de sobra para entrar naquela tradicional listinha de atrações imperdíveis das cidades. Mesmo que você não seja um expert em história ou arte, é possível sim visitar um museu e sair de lá entendendo um pouco mais sobre a cidade que você está visitando. Pensando nisso, neste artigo trouxemos os melhores museus do mundo que você precisa conhecer.

Museu d’Orsay | Paris, França

O primeiro lugar da lista é o Museu d’Orsay, inaugurado em 1986. O museu foi feito no lugar de uma antiga estação de trem.

As coleções possuem pinturas impressionistas e pós impressionistas, além de esculturas e elementos arquitetônicos. Lá, você encontra grandes nomes das artes como Van Gogh, Monet, Renoir, Cézanne e Gauguin.

Metropolitan Museum of Art | Nova York, Estados Unidos

O museu é considerado um dos mais importantes do mundo, e recebe anualmente mais de 6 milhões de visitantes. Ele foi criado em 1872, a partir da iniciativa de um grupo de artistas, intelectuais e empresários norte-americanos, que tinham como objetivo despertar um público maior para o mundo da arte. O acervo, composto por mais de 2 milhões de peças, reúne obras de artistas que marcaram a história, como Claude Monet e Vincent Van Gogh.

Louvre | Paris, França

Com 60.000m2 e mais de 35.000 obras de arte, o Louvre é consensualmente considerado o maior museu do mundo em praticamente todas as listas do assunto.

Localizado na margem direita do rio Sena, originalmente o majestoso Louvre foi uma fortaleza medieval, posteriormente o palácio dos reis da França e, só há dois séculos, aparece como espaço de arte. A partir daí, o sucesso foi constante e o número de visitantes tem vindo a crescer de forma estável e sustentada ao longo do tempo.

As várias coleções de arte do museu são das mais extensas e importantes do mundo, integrando obras que vão da Antiguidade à primeira metade do séc. XIX, passando pelas civilizações da Ásia, Egito, Grécia e Roma Antigas, etc. Dentre os inúmeros tesouros da história da humanidade que aí estão expostos, não podemos deixar de destacar a Monalisa, de Leonardo Da Vinci, provavelmente o quadro mais famoso do mundo.

Museu e Memorial 11 de setembro | Nova York, EUA

A tragédia do dia 11 de setembro de 2001 deixou mais de 3 mil vítimas e destruiu um dos cartões postais mais famosos de Nova York, o World Trade Center.

É claro que isso não poderia ser esquecido. Por isso, em 2012, o Museu e Memorial de 11 de setembro foi inaugurado no lugar em que o atentado terrorista aconteceu. Ele é considerado uma das principais instituições que examinam as implicações do atentado nos Estados Unidos. O museu reconta todo o ataque às torres gêmeas a partir de displays, arquivos, narrativas e uma coleção de artefatos.

British Museum | Londres, Inglaterra

Com mais de 8 milhões de objetos das mais variadas eras e civilizações, este é o maior museu da Grã Bretanha e tem o privilégio de abrigar a coleção nacional de arqueologia e etnografia. O British Museum proporciona uma visão abrangente e absolutamente única da história e cultura humana, sendo que suas galerias apresentam coleções relativas ao Egito, Grécia, Roma, Ásia, África e Europa medieval.

State Hermitage | São Petersburgo, Rússia

Localizado nas margens do Rio Neva, este impressionante e gigantesco museu ocupa 10 edifícios completos. Entre eles destacamos o Palácio de Inverno, uma belíssima estrutura barroca em tons de azul e branco, que se assumiu como residência oficial da monarquia russa desde a sua construção em 1762 até à queda dos czares.

Apesar de estar afastado dos habituais centros artísticos de Paris, Londres e Roma, o Hermitage conseguiu adquirir mais de 3 milhões de peças, numa espetacular coleção que vai da Idade da Pedra ao séc. XX e representa praticamente todas as épocas, estilos e culturas. O museu gaba-se ainda de possuir a maior coleção de quadros de todo o mundo, com obras de mestres impressionantes como Picasso, Ticiano, Da Vinci, Goya, Gauguin, Van Gogh, Rubens, entre outros.

Museu do Prado | Madri, Espanha

Conhecido por ser o museu mais importante da Espanha, o Museu do Prado foi inaugurado em 1891. Sua coleção é baseada principalmente em pinturas dos séculos XVI a XIX, contando com obras primas de pintores como Velázquez, El Greco e Goya.

Museu da Acrópole | Atenas, Grécia

Situado a cerca de 300 metros da Acrópole de Atenas, este espetacular espaço tem cerca de 25.000m2 divididos por 3 andares, possibilitando ao visitante um conhecimento da história da Grécia Antiga. As suas coleções estão organizadas e divididas em 2 períodos principais: o Arcaico e o Clássico, e consistem essencialmente em descobertas arqueológicas efetuadas na própria Acrópole. 

O mais admirável do Museu da Acrópole é que este integrou e preservou importantes vestígios arqueológicos descobertos da época da sua construção mesmo, transformando o museu numa experiência única: os visitantes podem literalmente caminhar por cima da história, visualizando uma escavação arqueológica através de um chão de vidro transparente.


Agora que você já conhece os melhores museus do mundo, só falta escolher um destino e entrar em contato com a Trinity Intercâmbio. 🙂 

Para receber um orçamento de intercâmbio, não hesite em nos contatar através do e-mail: info@trinityintercambio.com.br ou WhatsApp: +55 11 94712-1141.

Você gostaria de fazer um orçamento conosco? Basta preencher esse formulário.