8 passos para estudar na Alemanha

8 passos para estudar na Alemanha

A Alemanha é um dos países preferidos dos estudantes estrangeiros, seja pela qualidade de vida, alto índice de desenvolvimento, cultura do país e principalmente pela sua qualidade de ensino. 

A grande diversidade de excelentes universidades, as ofertas de estudos atraentes, as possibilidades de financiamento e gratuidade fazem da Alemanha um destino muito requisitado. Neste artigo vamos te contar os 8 passos para estudar na Alemanha. 

1. Encontrar uma universidade na Alemanha

O ensino superior da Alemanha é formado por três tipos de instituição:

  • Universidades;
  • Universidades de Ciências Aplicadas;
  • Faculdades de Arte, Cinema e Música.

Há, ainda, universidades de educação cooperativa para cursos de estudos acadêmicos combinados ao treinamento vocacional ou estágios práticos em empresas (chamados de dual study programmes ou em alemão, das duale studium).

Cada um desses tipos de instituição oferece áreas de especialização distintas, por isso, o primeiro passo é compreender a diferença entre elas e identificar qual é a escolha certa para você.

2. Escolher um curso

Após decidir a instituição, é hora de escolher qual curso irá fazer! Na Alemanha há uma ampla variedade de cursos e formações, lá você encontrará um panorama de todas as possibilidades. Os bacharelados mais comuns são os de Artes, Ciências e Engenharia. Cada um proporciona uma série de especializações dentre as quais o estudante pode escolher.

Há mais de 17.000 bacharelados e mestrados disponíveis na Alemanha:

  • Bacharelado: seis semestres de duração;
  • Mestrado: de dois a quatro semestres.

Para se aprofundar ainda mais nos estudos acadêmicos, há mais de 28.000 cursos de doutorado na Alemanha. Aliás, em 2019/2020, um quarto de todos os doutorandos no país eram estudantes estrangeiros.

3. Requisitos de admissão

Para ser admitido em uma universidade na Alemanha, você precisará ter concluído o grau adequado em uma escola estrangeira, o que vai depender do curso que você escolher.

Para quem é de fora da Europa, as universidades alemãs costumam solicitar que já tenham cursado dois ou três semestres em uma instituição de ensino superior no Brasil (ou outro país estrangeiros) para ser admitido em uma graduação. Para os candidatos brasileiros, as informações são as seguintes:

  • Conclusão do ensino médio: você pode ser admitido em um curso preparatório/exame de avaliação;
  • Conclusão de um ano acadêmico em uma instituição de ensino superior: você pode conseguir admissão direta em um bacharelado em áreas de estudo relacionadas à estudada previamente;
  • Conclusão de um bacharelado: você pode ser admitido diretamente em uma universidade alemã em qualquer área de estudo.

4. Aprender Alemão 

Aprender alemão é um diferencial, pois diversas universidades oferecem cursos totalmente ministrados em inglês. No entanto, recomendamos que aprenda pelo menos o básico da língua, para ter uma adaptação mais fácil e conseguir se comunicar com os moradores locais. 

Agora, se o seu curso acadêmico for lecionado em alemão, você precisará comprovar proficiência na língua, prestando testes como o TestDaF ou DSH. 

Caso não atinja a fluência necessária, poderá se matricular em um curso de língua alemã para melhorar suas habilidades e depois se transferir para o programa acadêmico desejado na Alemanha.

5. Comprovar seu orçamento

Um dos requisitos para conseguir o visto de estudante da Alemanha é apresentar um comprovante de recursos financeiros como uma garantia de que você poderá pagar pelos custos de estudar no país. 

Desde janeiro de 2021, os estudantes internacionais devem provar ter acesso a € 861 por mês (R$ 5.659,15) e € 10.332 por ano (R$ 68.707,80). Conversão do Euro turismo utilizado: R$ 6,65 (Jan/2021). 

A comprovação é feita através de uma conta bloqueada (a Trinity oferece esse serviço), ou através de comprovante de renda seu ou dos seus pais/responsáveis, comprovante de recebimento de bolsas de estudo, entre outros. Essa é uma prova de que o estudante conseguirá se manter financeiramente no país durante os estudos.

6.  Inscrever-se na universidade alemã

Com todos os documentos que você precisa, a proficiência no alemão e o seu orçamento preparado, é hora da inscrição na universidade. Há várias formas de se inscrever em uma universidade na Alemanha. O processo de seleção depende da área de estudo que você pretende estudar e do seu país de origem. Já os prazos finais para a inscrição variam de acordo com a instituição e também do curso. Mas fique tranquilo, pois a TRINITY irá te auxiliar em tudo.

7. Solicitar o visto de estudante 

Felizmente, o Brasil consta na lista de países que podem entrar na Alemanha sem o visto de estudante e, se o curso tiver uma duração superior a 3 meses, deve-se solicitar a autorização de residência já no país!

8. Escolher onde você irá morar na Alemanha

Diferente de outros grandes destinos de estudo, as universidades da Alemanha não garantem acomodações aos seus estudantes. Embora elas possam oferecer sugestões e orientações na sua busca, é você quem deverá providenciar a sua moradia alemã.

Em média, estudantes pagam € 323 (R$ 2.147,95) por mês pelo aluguel de um quarto, mas esse preço varia amplamente entre cidades e regiões do país. Por isso, o ideal é começar a sua busca o quanto antes possível. Mas fique tranquilo, a TRINITY te auxilia nessa parte também! 

Fonte: Brasil escola

Confira nosso artigo: Como estudar de graça na Alemanha.


Agora que você já sabe os 8 passos para estudar na Alemanha, só resta entrar em contato com a Trinity e fechar seu intercâmbio! 🙂

Para receber um orçamento de intercâmbio na Alemanha, não hesite em nos contatar através de e-mail: info@trinityintercambio.com.br ou WhatsApp: +55 11 94712-1141.

Você gostaria de fazer um orçamento conosco? Basta preencher esse formulário.

× Clique aqui