Como solicitar o Certificado Internacional de Vacinação online

Como solicitar o Certificado Internacional de Vacinação online

O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP), também conhecido como Carteira de Vacinação Internacional, é um documento bastante importante na vida dos viajantes e intercambistas. Se tornando obrigatório quando o destino é um país que exige a vacina contra a febre amarela. É possível emitir o documento pela internet no conforto da sua casa, assim evitando filas. Neste artigo trouxemos um passo a passo para solicitar o certificado.

Quem deve emitir o CIVP?

Brasileiros e estrangeiros vacinados no Brasil, que irão viajar para algum país que exige o Certificado Internacional de Vacinação. Nesse sentido, crianças a partir de 9 meses já precisam do documento.

A dose fracionada dá direito ao CIVP?

Quem tomou a vacina fracionada da febre amarela não pode tirar o Certificado Internacional de Vacinação. Portanto, precisa tomar a dose única para emitir o documento.

Para conferir se a dose foi única ou fracionada, verifique no seu cartão de vacinas. Ao constatar que a sua dose foi a fracionada, vá a algum posto do SUS ou clínica particular para tomar a nova vacina contra a febre amarela.

Lembre-se: a vacina deve ser administrada, pelo menos, 10 dias antes da viagem. Se o seu voo for em um prazo menor de 10 dias de quando tomou a vacina, aqui mesmo no Brasil, você já será impedido de viajar.

Quem não pode se vacinar, como faz?

Sem problemas, pois apesar de não conseguir emitir o Certificado Internacional de Vacinação, você poderá emitir um atestado de isenção da vacina.

A própria Anvisa disponibiliza um modelo de atestado. Assim, você deve levá-lo a um médico de sua confiança para que ele avalie seu caso e assine o documento.

Este são os grupos que não podem tomar a vacina contra febre amarela:

  • Crianças menores de 9 meses de idade;
  • Mulheres amamentando crianças menores de 6 meses de idade;
  • Pessoas com alergia grave ao ovo;
  • Pessoas que vivem com HIV e que têm contagem de células CD4 menor que 350;
  • Pessoas em tratamento com quimioterapia/radioterapia;
  • Pessoas com doença autoimune;
  • Pessoas submetidas a tratamento com imunossupressores (que diminuem a defesa do corpo).

Além dos casos mencionados, pode ser que a pessoa tenha alergia à vacina por algum outro motivo. Logo, cabe ao médico avaliar a contraindicação e, se for necessário, assinar o atestado de isenção.

Como obter o Certificado Internacional de Vacinação

Vá a algum posto de saúde ou clínica particular, levando o seu cartão de vacinas, e tome as doses necessárias. Lembre-se, principalmente, da de febre amarela.

Solicitando no Portal de Serviços

Ao acessar o Portal de Serviços do governo federal, cadastre-se, se for o caso, ou entre com seu usuário e senha. Para se cadastrar, informe seu CPF, nome e e-mail.

Estes são os documentos necessários para emitir o CIVP on-line:

  • Número do CPF;
  • Documento de identidade (foto ou arquivo digitalizado);
  • Comprovante nacional de vacinação (foto ou arquivo digitalizado).

Procure tirar fotos bem claras e definidas, cujo conteúdo seja legível, afinal a Anvisa precisa ler os seus dados.

No site, você encontrará as seguintes telas:

1 – Cadastro no portal;

cadastro no portal de serviços do brasil

2 – Solicitação do CIVP;

site para solicitar certificado internacional de vacina

3 – Preenchimento dos seus dados;

cadastro de informações emissão CIVP online

4 – Anexo do documento de identidade (depois de enviar, clique no botão “Adicionar dados na tabela”);

anexo de documento solicitacao certificado internacional de vacina online

5 – Preenchimento dos dados da vacina;

cadastro vacina CIVP online

6 – E-mail de confirmação do pedido (caso não apareça, confira sua caixa de spam);

email anvisa tirar civp

7 – E-mail com o CIVP em anexo (formato PDF) e orientações para imprimi-lo;

civp email anexo

8 – Cabeçalho do certificado Internacional de Vacinação pronto, ainda antes de imprimir.

certificado internacional de vacinacao exemplo

 Imprimindo o Certificado Internacional de Vacinação

Após o envio da documentação, a Anvisa analisará e responderá em até 5 dias úteis. A resposta chegará no seu e-mail, tanto se o pedido for aprovado quanto reprovado. Desse modo, aguarde o retorno e siga as eventuais novas solicitações, caso tenha algum problema no processo.

O arquivo ficará disponível para impressão sempre que necessário, uma vez que o documento não tem validade. Com essa facilidade, mesmo que perca o CIVP, poderá imprimi-lo novamente. 

PRONTO!

Ainda será possível emitir o CIVP presencialmente?

A resposta é sim, afinal pode acontecer de o sistema de emissão on-line ficar fora do ar, por exemplo. Siga estas orientações:

  • Para agilizar o atendimento, você pode realizar um pré-cadastro no site da Anvisa;
  • Pegue seu CPF, carteira de identidade/CNH e cartão de vacinas atualizado (lembre-se sempre de tomar as vacinas antes!);
  • Vá à unidade de emissão do CIVP mais próxima de você;
  • Apresente a documentação e receba na hora o CIVP.

Observe que alguns locais exigem agendamento prévio por telefone ou, ainda, cadastro no site da Anvisa. Sendo assim, confira antes de ir.

O serviço de emissão presencial do CIVP também é gratuito!


Ficou com alguma dúvida sobre como solicitar o Certificado Internacional de Vacinação online? A Trinity ficará feliz em te ajudar!

Para receber um orçamento de intercâmbio, não hesite em nos contatar através do e-mail: info@trinityintercambio.com.br ou WhatsApp: +55 11 94712-1141.

Você gostaria de fazer um orçamento conosco? Basta preencher esse formulário.


× Clique aqui