Diferença entre escala e conexão

Diferença entre escala e conexão

Na hora de comprar uma passagem de avião, as pessoas sempre se deparam com diversas opções de voos entre a origem e o ponto final da viagem. É possível ir sem desvios de um local para outro (são os voos diretos), mas existem trechos aéreos que incluem paradas em outras cidades antes de chegar ao destino.

Essas paradas são chamadas de escala ou de conexão. Ambas interferem na duração da viagem e no preço final da passagem, mas cada termo diz respeito a um procedimento diferente. Esses conceitos ainda confundem muitos consumidores, que acabam ficando perdidos quando vão adquirir uma passagem aérea, sem saber qual opção escolher ou como se preparar. Para que você não tenha mais nenhuma dúvida sobre isso, neste artigo iremos te explicar qual a diferença entre escala e conexão.

Escala

Quando um voo tem escalas significa que ele poderá fazer uma ou mais paradas no aeroporto, antes de chegar ao destino final. Neste caso, o passageiro não precisa e não pode descer do avião.

É necessário apenas aguardar a realização de todos os procedimentos de aterrissagem, embarques e desembarques, o que pode aumentar bastante o tempo de viagem.

A escala acontece geralmente por três motivos: embarque de novos passageiros, desembarque de passageiros ou para abastecer o avião.

Conexão

Na conexão o passageiro desembarca do avião em uma cidade intermediária e embarca em outro avião para o destino final. Neste período entre um voo e outro ele está em trânsito e as regras vão variar de acordo com cada situação. Para fazer uma conexão segura é necessário seguir as orientações dos comissários e agentes aeroportuários que indicarão os procedimentos corretos.

Em alguns casos a conexão é tão longa que permite que o passageiro saia do aeroporto para passear pela cidade intermediária. Mas fique atento, ao retornar ao aeroporto será necessário passar por todo procedimento de controle de bagagem de mão e passaporte, então para ter uma conexão segura é importante voltar com tempo de sobra para não perder o voo seguinte. Pergunte para alguém da companhia aérea se vale a pena sair do aeroporto considerando o horário livre que você tem. 

Conexão com mudança de aeroporto

Outra situação que pode ocorrer durante uma viagem de avião com conexão é a troca de terminal aeroviário. É preciso ter muita atenção a esse detalhe na hora de comprar a passagem. Se quiser optar mesmo por esse tipo de voo, verifique se haverá tempo suficiente para fazer tudo: desembarcar, pegar a bagagem, se deslocar de um aeroporto a outro, fazer check-in, despachar as malas e embarcar.

Esses voos costumam ter tarifas mais baratas, mas vale analisar se realmente compensa, devido à extensão da duração da viagem, ao deslocamento entre aeroportos com malas (cujo custo, na maioria das vezes, é do passageiro), entre outros fatores.

Bagagem despachada

Geralmente, nas duas situações de escala e conexão, a bagagem que você despachou vai direto para seu destino final. Ou seja, independente do voo ter escala ou conexão, você não vai precisar retirá-la na sua parada.

Em alguns raros casos, é possível que você tenha que pegar sua mala. Se estiver receoso quanto a isso, pergunte ao atendente quando estiver despachando se você precisará pegar sua mala no meio da viagem.

De qualquer forma, é sempre bom se informar. Se isso não acontecer, você mesmo deverá recolher suas malas na esteira e depois despachá-las novamente no balcão da companhia no aeroporto de conexão.


Agora que você já sabe a diferença entre escala e conexão, só falta fechar seu intercâmbio com a Trinity e aguardar seu voo. 😉

Para receber um orçamento de intercâmbio, não hesite em nos contatar através de e-mail: info@trinityintercambio.com.br ou WhatsApp: +55 11 94712-1141.

Você gostaria de fazer um orçamento conosco? Basta preencher esse formulário.

× Clique aqui